Público de Jequié prestigia festa de aniversário do Centro de Cultura ACM


Orquestra Clássica Popular de Sopros e Cordas. Foto: Allyson Andrade

Orquestra Clássica Popular de Sopros e Cordas. Foto: Allyson Andrade

O Centro de Cultura Antônio Carlos Magalhães, espaço cultural administrado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), celebrou seu aniversário de 15 anos na última terça-feira, 20. Com uma programação recheada de atrações, o evento prestigiou a memória de artistas locais: o músico Musaé e o professor e diretor teatral Roberto de Abreu

Os cidadãos de Jequié marcaram presença na comemoração, com estimativa superior a 600 pessoas.  A festa foi do popular ao erudito com apresentações do reisado As Pastorinhas, Capoeira com o grupo Filhos de Zumbi, performance com o circense Jonas Santos, exposições de artes visuais com os artistas Céu, Israel Nery, Arteludo e Augus, inauguração de um Memorial, além das apresentações do quarteto de câmara Premier, da Orquestra Clássica Popular de Sopros e Cordas e show musical com Bené Sena, Ronaldo Lima, Pedro Neto e Ana Barroso.

Segundo o coordenador do espaço, Alysson Andrade, os artistas e grupos locais culturais se mobilizaram em relação às atividades. “Os nossos artistas e grupos culturais andam, de certo modo, desestimulados. Quando há mobilização, todos querem participar e mostrar ao público as suas expressões”.

Os espectadores também sinalizaram positivamente para a iniciativa, que mostrou a pluralidade cultural dos jequieenses. Ainda de acordo com Alysson, a iniciativa não deve parar com a passagem do aniversário.  “Ela continuará e já estamos pensando em meios para dinamizar este espaço cultural de terça a domingo”, completou.

Anúncios