Mostra de cinema exibe Kátia no Centro de Cultura Amélio Amorim


katia_de_karla_holanda-1[1]

Cena do filme Kátia // Créditos: Jane Malaquias

Na próxima quinta-feira, 18, a Mostra de Cinema Contemporâneo do Nordeste apresenta o documentário Kátia no Centro de Cultura Amélio Amorim – espaço administrado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) – com sessões às 10h e às 14h. A classificação é livre e a entrada gratuita.

O filme narra a história de Kátia Tapety. Nascida José, numa pequena cidade do Piauí, ela se tornou a primeira travesti a ser eleita a um cargo político no Brasil, sendo, por três vezes seguidas, a vereadora mais votada do município. Casada por mais de 20 anos com um homem e “mãe” de três filhos, Kátia é uma senhora de quase 60 anos de idade que se faz respeitar em seu município, uma das regiões mais religiosas e conservadoras do estado.

A Mostra de Cinema Contemporâneo do Nordeste é um projeto apoiado pelo Fundo de Cultura da Bahia e tem como objetivo possibilitar a exibição de filmes de destaque, produzidos no nordeste brasileiro, em que o público dificilmente teria acesso nas salas de cinemas tradicionais.

 

Anúncios