Oficina de Experimentações Visuais acontece no Centro de Cultura Amélio Amorim


12710720_1970684789824255_8900028529138731859_o[1]

O Centro de Cultura Amélio Amorim – espaço cultural administrado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) – recebe a oficina Experimentações Visuais, através do projeto ORÍ Africania em Circulação, neste sábado, 20, a partir das 08h. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas através do e-mail projeto.ori.info@gmail.com.

Ministrada pelo videomaker Augusto Bortolini, a oficina tem como objetivo capacitar de forma colaborativa a produção de pílulas audiovisuais, mediante a construção de ideias pela prática da videoarte, sempre tendo como base o universo dos símbolos sonoros e imagético da Africania.

O projeto busca o fortalecimento da identidade negra a partir de um diálogo entre aspectos da ancestralidade (os tambores e a dança) e as novas tecnologias (experimentações audiovisuais).  Ao final, uma exposição será realizada a fim de concluir o projeto.

A iniciativa conta com apoio financeiro do Fundo de Cultura da Bahia, mecanismo de fomento à cultura gerido pelas secretarias de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e da Fazenda (Sefaz).

Anúncios