Inscrições para Encontro de Interação em Dança seguem até hoje, 23


Eidan Carlos Henrique

Foto: Carlos Henrique

O Centro de Cultura de Olívia Barradas – espaço cultural administrado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) – recebe no dia 25, 26 e 27, o Encontro de Interação em Dança (EIDAN). O encontro promove mostras artísticas, todos os dias, às 19h30, além de Oficinas de Danças, nos dias 26 e 27, das 9h às 12h e das 14 às 15h30. A entrada é gratuita e a classificação é de 10 anos para Oficinas e livre para Mostras. O projeto conta com apoio financeiro do Fundo de Cultura da Bahia, mecanismo de fomento gerido pelas secretarias de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e da Fazenda (Sefaz). As inscrições seguem abertas até hoje, dia 23 de março e os interessados devem se inscrever através do site do EIDAN http://interacaodanca.wix.com/eidan#!eventos/ct1b.

As oficinas são ministradas por profissionais da área da Dança, com formação em instituições como a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e a Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB). Entre eles estão Vinicius Nascimento, coreografo e bailarino, que ministra a aula de Pop Dance Heels, uma fusão do Waacking, Vogue e Stiletto, muito usado por artista como Beyoncé. Para a turma de Dança de Rua, a responsável é Simone Gonçalves, licenciada e bacharel em Dança pela UFBA. A Turma de Jazz é ministrada por Filipe Monte Verde, também formado pela UFBA. Luciana Costa é professora das aulas de Vertentes do Swing Baiano, que além de formada em Dança pela UFBA, possui curso técnico em Dança pela FUNCEB. Os participantes interessados em participar das oficinas podem se inscrever durante o próprio evento até 1h antes do início das atividades.

O EIDAN é um circuito de interação em dança realizado entre centros culturais de Salvador, Alagoinhas e Valença, no intuito de trabalhar a formação de artistas e grupos, bem como a difusão e reflexão das suas produções. Através do intercâmbio, o projeto estimula a promoção da dança e colabora para a criação de uma rede colaborativa. A entrada é gratuita e a classificação livre.

Sobre o Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 04 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais.

 

 

 

 

 

 

Anúncios