Solar Boa Vista recebe a última oficina de produção musical com softwares livres do C.TLCA


Depois da Península de Itapagipe e do Subúrbio Ferroviário, o circuito de oficinas do C.TLCA encerra suas atividades em Brotas.

ctcla_oficina03

O circuito de oficinas de produção musical com softwares livres do Curso Tecnologias Livres na Criação Artística (C.TLCA), que busca fomentar a autonomia e a liberdade na utilização das tecnologias digitais e eletrônicas para criação artística, realiza sua última oficina de 27 a 30 de junho, das 14 às 19h, no Cine Teatro Solar Boa Vista – espaço cultural administrado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) -, localizado no Engenho Velho de Brotas. O projeto conta com apoio financeiro do Fundo de Cultura da Bahia, mecanismo de fomento gerido pelas secretarias de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e da Fazenda (Sefaz). As inscrições podem ser realizadas através do site ctlca.wordpress.com, de 13 a 17 de junho.

Oficina

Voltada a artistas, técnicos, pesquisadores, estudantes e interessados em música eletrônica, jogos eletrônicos, cinema e outras aplicações do áudio digital, a oficina tem um caráter, principalmente, prático. Nela os participantes têm contato com equipamentos que compõe um estúdio de produção musical e são apresentados a softwares livres como Ardour, LMMS, Mixxx, Pure Data e Audacity, rodando em sistema operacional livre GNU/Linux KXStudio e utilizando a interface de áudio virtual Jack.  A oficina é gratuita e as vagas são limitadas. Os participantes serão selecionados conforme perfil e bairro de moradia, no sentido de compôr uma turma diversa com pessoas que tenham interesse e produção no campo do áudio digital.

Professores

Bruno Rohde é músico, programador, artista visual e multiplicador de conhecimentos  (professor, oficineiro).  Coordenador do C.TLCA atualmente se dedica à produção artística multilinguagens com softwares/hardwares livres e a atividades de educação. Pesquisa e desenvolve softwares e interfaces físicas com tecnologias livres para composição e interatividade em performances das diversas linguagens artísticas. Integrante dos projetos Se Senão, Música Móvel e Arrastão Visual. (brunorohde.wordpress.com)

Cristiano Figueiró é músico, compositor, programador e professor do Instituto de Humanidades Artes e Ciências Professor Milton Santos (IHAC) da Universidade Federal da Bahia (UFBA).  Atua principalmente com composição musical, música computacional, composição eletroacústica, performance musical e arte interativa. Coordena o desenvolvimento de aplicativos musicais no projeto Música Móvel. Integrante do grupo Se Senão. (cristianofigo.wordpress.com)

Jan Cathalá é músico, programador e produtor cultural. Desenvolve projetos, protótipos e produtos de hardware e software, visão computacional, reconhecimento de gestos, superfícies tangíveis, novas mídias, sistemas interativos. Coordenador do projeto Arrastão Visual. Atualmente dedica-se ao desenvolvimento de aplicativos musicais para dispositivos móveis e à produção de música eletrônica.  Lançou em 2015 o EP Mudan – Anartistas, pelo selo Alrevés.  (alreves.org/releases/alr27)

O projeto

Visa à formação e difusão do uso das tecnologias livres e/ou baratas na criação artística, que busca fomentar entre artistas, técnicos, pesquisadores e estudantes, a liberdade e autonomia na produção artística mediada por tecnologias digitais e eletrônicas, através da utilização de ferramentas de software e hardware livres e/ou baratas e de grande potencial. Realiza uma série de ações convergentes: curso e oficinas sobre criação e utilização de ferramentas de software e hardware livres e/ou baratos para produção artística multilinguagens; produção de vídeo-aulas sobre as ferramentas e técnicas apresentadas nas atividades de formação; promoção de mostras públicas dedicadas à produção artística através das tecnologias discutidas direta ou indiretamente nas atividades de formação; e organização de conteúdos relativos aos temas tratados (ferramentas livres, tutoriais, bibliografia, referências artísticas, etc.) e compartilhamento no site ctlca.wordpress.com.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br

 

Serviço

Oficina de Produção Musical com Softwares Livres

Quando: 27 a 30 de maio (segunda à quinta-feira), às 14h

Quanto: Gratuito

Onde: Cine Teatro Solar Boa Vista – Parque Solar Boa Vista de Brotas – Engenho Velho de Brotas

Inscrições: 13 a 17 de junho – ctlca.wordpress.com

 

Informações e Contato

Blog – ctlca.wordpress.com

Facebook –  www.facebook.com/ctlca

E-mail – contato.ctlca@gmail.com

 

Anúncios