Agitação Cultural Buerarema apresenta a peça Dois Perdidos Numa Noite Suja 


O Instituto Macuco Jequitibá festeja 50 anos do espetáculo do dramaturgo Plínio Marcos

Ensaios de Dois Perdidos Numa Noite Suja - Fotos Instituto Macuco Jequitibá (1)

Cena do espetáculo Dois Perdidos Numa Noite Suja | Foto: Divulgação Instituto Marcuco Jequitibá

A montagem Dois Perdidos Numa Noite Suja, de Plínio Marcos, estreia no próximo dia 17, às 19h30min e segue até dia 19, no teatro de bolso da Casa de Cultural Jonas&Pilar, centro do município de Buerarema. A montagem tem direção de Gideon Rosa e atuação de Pedro Lisboa e Rafael de Souza. A peça integra a programação de encerramento do projeto Agitação Cultural Buerarema 2016, que desde janeiro é executado no Instituto Macuco Jequitibá com apoio financeiro do Fundo de Cultura da Bahia, mecanismo de fomento à cultura gerido pelas secretarias de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e da Fazenda (Sefaz).

Escrito em 1966, Dois Perdidos Numa Noite Suja continua atual ao atacar o problema da violência e do destino dos marginalizados na sociedade. “O texto de Plínio Marcos é muito profundo, possui várias camadas, uma pluralidade de temas que, apesar dos seus 50 anos, são assuntos que não foram resolvidos pela sociedade brasileira”, assegura Gideon Rosa. “Ao falar de pessoas que estão em situação – limite, Plínio mete o dedo na ferida de temas como sexualidade, exclusão social, jogos de poder e, principalmente, quem está destinado a vencer nesta sociedade que construímos”, completa.

Gideon observa ainda que o grau de complexidade deste texto é desafiador para atores jovens como Rafael de Souza e Pedro Lisboa. Não se tem notícia dessa montagem com atores tão jovens (Pedro Lisboa completará maioridade no dia da estreia do espetáculo).  Mas tudo isso faz parte do trabalho de formação que vem sendo desenvolvido pelo Instituto Macuco Jequitibá há três anos e que prioriza, sobretudo, o intercâmbio e a circulação de bens artísticos.

Dois Perdidos Numa Noite Suja – A obra particulariza o olhar sobre o comportamento de dois indivíduos que tentam sobreviver, mas que se dilaceram numa luta verbal (e às vezes corporal) até que se destruam mutuamente. A peça retrata a  situação-limite de Paco e Tonho que sobrevivem de descarregar caminhões. Vivem numa espelunca e se maltratam mutuamente num perverso jogo de poder que vai corrompendo a ambos lentamente. Paco é perverso e insidioso e não tem raízes, já Tonho estudou, possui família e está mergulhado numa situação adversa apenas enquanto espera uma oportunidade de emprego redentora. Nada disso acontecerá. Sem saída, Tonho assume a personalidade de Paco e mata friamente o companheiro de quarto.

Agitação Cultural Buerarema – Durante o projeto, foram realizadas inúmeras oficinas de teatro, dança, contação de histórias, culinária e artesanato deste janeiro deste ano. No mês de abril, aconteceu uma palestra sobre a dramaturgia de Plínio Marcos e leitura dramática do texto Dois Perdidos Numa Noite Suja.

 Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br

Serviço

Teatro – Dois Perdidos Numa Noite Suja

Quando: 17, 18 e 19 de junho, às 19h30

Onde: Teatro da Casa de Cultura Jonas&Pilar

Ingresso: R$ 10 (inteira) e R$5 (meia)

Anúncios