Editais de Territórios e Dinamização de Espaços disponibilizam R$ 3,5 milhões


13669587_1062709993809161_2786587933957717699_n

Imagem: Divulgação/SecultBA

Seleção ainda contém regras de territorialização visando o equilíbrio do desenvolvimento cultural  

Estão abertas, até o próximo dia 15 de agosto, as inscrições para os Editais Setoriais 2016, do Fundo de Cultura da Bahia. Os editais reúnem um total de investimentos de R$ 31,620 milhões destinados a 23 segmentos culturais.

Entre os editais com inscrições abertas, o edital de Dinamização de Espaços Culturais e o Edital de Territórios Cultuais têm a Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult), da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA), como unidade executora.

Investimentos – Para o edital de Territórios Culturais está previsto o valor global de R$ 2 milhões. Serão selecionadas 27 propostas de até R$ 60 mil e quatro de até R$ 95 mil. Com esta seleção, entre outros objetivos, a SecultBA busca apoiar propostas de cooperação e/ou intercâmbio, abarcando no mínimo três municípios de um mesmo Território de Identidade.

Já o edital de Dinamização de Espaços Culturais tem previsão global de investimento de R$ 1,5 milhão. Por meio desta medida a SecultBA vai apoiar propostas de dinamização de espaços culturais públicos ou privados, no Estado da Bahia, através de uma programação regular. A programação proposta deverá ter um mínimo de três e um máximo de seis meses, envolvendo atividades artísticos culturais para todos os públicos, com ações de mobilização e/ou mediação, entre outras.

Equilíbrio – “Além de serem editais já concebidos pela ótica da territorialidade, devido a sua dimensão espacial, com dedicação aos espaços culturais e aos territórios de identidade, estes dois editais ainda possuem regras específicas de territorialização”, salienta o Superintendente de Desenvolvimento Territorial da Cultura, da SecultBA, Sandro Magalhães.

Para o Superintendente as regras apresentadas são demonstrações do trabalho da SecultBA pelo efetivo equilíbrio no desenvolvimento cultural dos territórios. Ele destaca a contemplação de projetos nos 27 Territórios de Identidade da Bahia, no edital de Territórios, e a priorização de propostas para espaços culturais situados em Zonas Especiais de Interesse Social, no comparativo entre os espaços da cidade de Salvador, como dois importantes exemplos.

Conheça todas as regras, dos Editais de Dinamização de Espaços e de Territórios, acessando os links abaixo:

Edital Territórios Culturais 2016

Edital de Dinamização de Espaços Culturais da Bahia 2016

 

Anúncios