Jornada de Dança da Bahia ocupa o Espaço Xisto Bahia


webflyer-espaco-xisto-bahia

A Jornada de Dança da Bahia celebra, em 2016, a oitava edição de sua história. Explorando o tema “A mesma dança não pode pertencer a duas pessoas”, o evento, realizado pela Escola Contemporânea de Dança, sob a coordenação da dançarina Fátima Suarez, será realizado entre os dias 12 e 17 de novembro, no Espaço Xisto Bahia e também no Palacete das Artes e no Teatro Castro Alves, além de uma vivência no Cerimonial Loreto (Ilha dos Frades). Convidados da Bahia, de outros estados e de outros países compõem uma programação de espetáculos, atividades formativas e interação para artistas, professores, estudantes, crianças e todos os públicos da dança da Bahia.

“Quando trazemos à tona a questão de que ‘a mesma dança não pode pertencer a duas pessoas’, estamos falando de individualidades. Cada um tem sua música interna e a música, como a dança, é sinestésica: é sentida em cores, sabores e memórias”, reflete Fátima Suarez, que é graduada em dança pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e especializada em dança moderna e coreografia na London Contemporary Dance School, na Inglaterra, e na Isadora Duncan Dance Foundation, em Nova York. “Acredito que esta oitava edição da Jornada acontece em um momento em que precisamos estar cada vez mais atentos e comprometidos com um futuro mais promissor para a educação e a dança em nosso país. Vamos buscar as nossas singularidades sem esquecer que precisamos dos outros para perceber as nossas diferenças, desconstruir modelos e reinventar a nossa dança”, conclui.

Neste clima de erupção sonora e de movimentos íntimos e coletivos, a VIII Jornada de Dança da Bahia reúne trabalhos que interligam de maneira potente a cena e o som. A intenção é difundir múltiplas técnicas de dança para experimentação do corpo e suas possibilidades de expressão, estimulando uma sensibilidade crítica que instiga o aprimoramento.

Em duas noites no Espaço Xisto Bahia, nos dias 15 e 16 de novembro, serão apresentados seis espetáculos, com entrada franca. As sessões se iniciam às 20h e trazem três coreografias por data. Na terça-feira, estarão em cartaz “Musevi”, da Katharsis Cia. de Dança (BA); o inédito “Outras Dinâmicas”, estreia do Balé Jovem de Salvador (BA); e “Delírio”, de Ângelo Madureira (SP). Na quarta-feira, será vez de “Gaudério”, da Cia. Matheus Brusa (RS); “PSDB”, do Balé Jovem de Salvador e Jorge Silva (BA); e “Afro-Urbania”, do iNsight (BA).

“Gaudério”, da Cia. Matheus Brusa (RS), terá mais uma apresentação na quinta-feira, 17 de novembro, às 14h30, em ação de formação de plateia, para grupos escolares.

A VIII Jornada de Dança da Bahia tem patrocínio do Ministério da Cultura (MinC) e da Termonorte, por meio da Lei Rouanet. O IV Fórum de Educadores de Dança é uma ação patrocinada pelo programa O Boticário na Dança, igualmente via Lei Nacional de Incentivo à Cultura.

SERVIÇO

VIII JORNADA DE DANÇA DA BAHIA

Quando: 12 a 17 de novembro

Onde: Espaço Xisto Bahia, Palacete das Artes, Teatro Castro Alves e Cerimonial Loreto

Apoio: Hotel Bahia do Sol/ Mídia Bus/ Espaço Xisto Bahia/ Palacete das Artes/ Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia/ Balé Teatro Castro Alves/ Teatro Castro Alves/ Fundação Cultural do Estado da Bahia/ Secretaria de Cultura da Bahia/ Governo da Bahia

Produção Executiva: Cambuí Produções

Produção: Dimenti

Patrocínio: Termonorte/ O Boticário na Dança

Realização: Escola Contemporânea de Dança/ Ministério da Cultura http://www.jornadadedanca.com.br

15/11 (ter) | 20h | Espaço Xisto Bahia | Gratuito

Musevi – Katharsis Cia. de Dança (BA) + Outras Dinâmicas – Balé Jovem de Salvador (BA) + Delírio – Ângelo Madureira (SP)

16/11 (qua) | 20h | Espaço Xisto Bahia | Gratuito

Gaudério – Cia. Matheus Brusa (RS) + PSDB – Balé Jovem de Salvador + Jorge Silva (BA) + Afro-Urbania – iNsight (BA)

Anúncios