Romulo Avelar finaliza oficina O Avesso da Cena em Vitória da Conquista


img-20161210-wa0005

Foto: Elton Becker

Em parceria com a Fundação Nacional das Artes (Funarte), a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), através da Diretoria de Espaços Culturais (DEC), realizou entre os dias  08 e 11 de dezembro a Oficina O Avesso da Cena, no Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, em Vitória da Conquista. A oficina foi realizada através do Programa de Oficinas de Capacitação Técnica e Artística em Artes Cênicas da Funarte 2016.

Ministrada pelo gestor cultural e membro dos conselhos gestores do Galpão Cine Horto e da Casa do Beco, Romulo Avelar, a formação teve como objetivo estimular o empreendedorismo, discutir a sustentabilidades dos grupos locais e incentivar o desenvolvimento de ações coletivas e colaborativas. Em avaliação, Avelar constatou que esse tipo de ação é rara na região e o espaço da oficina foi uma oportunidade de reflexão sobre as políticas culturais na cidade. “Além do aprendizado, acho que houve um desdobramento do encontro dessas pessoas, mais do que sobre processos de gestão e produção, mas sobre o cenário cultural da cidade”, analisa.

O orientador social Hudson Rocha viajou de Itarantim para acompanhar todos os dias de aula em Vitória da Conquista. Ele acredita que a oficina foi um aspecto motivador para os grupos locais, por ter criado um ambiente para o intercâmbio não só de experiências, mas também de trocas materiais. “Os grupos se sentem acolhidos nesse tipo de oficina, pois é como se acendesse uma chama no processo criativo deles, fazendo-os perceber que existem outros caminhos e portas que podem ser trilhadas”, diz Rocha.

A realização dessa oficina trouxe resultados positivos também para o Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima. Para o coordenador do espaço cultural, Elton Becker, receber a ação foi de grande satisfação, principalmente pela sua importância. “Com certeza, essa oportunidade abriu um novo horizonte de expectativas e de empreendedorismo para artistas e produtores que aqui participaram”, acredita.

Entre os dias 28 de novembro e 02 de dezembro, o Centro Cultural Plataforma recebeu a oficina Honestidade Artística, facilitada pelo professor e performer Jorge Alencar, artista que atua nos campos da dança, cinema, teatro, curadoria, escrita e educação. A proposta consiste no desejo de acessar as pulsões e fantasias artísticas mais íntimas de cada participante. Em conversas francas e práticas de composição performativa, a oficina estimula um processo de autoescavação criativa, problematizando certos pares de oposição como profundo versus superficial, arte versus entretenimento e profissional versus amador. A oficina é voltada para artistas das diversas áreas, que desejem performar independentemente de suas habilidades específicas. Para conferir maiores detalhes, acesse o blog do Centro Cultural Plataforma.

Espaços Culturais da SecultBA – A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia mantém 17 espaços culturais em diversos territórios de identidade baianos, geridos pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC), setor vinculado à Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult). Destes, cinco encontram-se em Salvador – Cine Teatro Solar Boa Vista, Espaço Xisto Bahia, Casa da Música de Itapuã, Centro Cultural de Plataforma e Espaço Cultural Alagados – e 12 nos municípios de Alagoinhas, Feira de Santana, Guanambi, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Mutuípe, Porto Seguro, Santo Amaro, Valença e Vitória da Conquista. Para mais informações, acesse: www.espacosculturais.wordpress.com.

.

Anúncios