Espaços Culturais da SecultBA oferecem atividades de formação artística


escola-de-danca-funceb1

Durante fevereiro, os espaços culturais administrados pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) recebem ações de formação em várias expressões artísticas e culturais. Ballet, dança afro, teatro, cenografia e capoeira são temas que dirigem as atividades, em sua maioria, gratuitas ou com mensalidade única, em Salvador, Alagoinhas e Valença.

Na capital, o Cine Teatro Solar Boa Vista recebe a Oficina de Ballet Clássico nas segundas e quartas do mês, às 19h, com inscrições gratuitas e classificação de 12 anos. Voltadas para o público feminino da região do Engenho Velho de Brotas, a atividade também busca debater com as jovens o lugar do negro na sociedade, refletindo desde o racismo à história do ballet e da presença do negro nesse contexto.

No Espaço Cultural Alagados, a Oficina de Dança Afro tem como propósito conscientizar o aluno de seu papel enquanto cidadão, elevar sua autoestima e estimular a defesa dos seus direitos. A ação é desenvolvida através da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e integra as ações da campanha de Paz Absoluta, do Olodum, e do Plano Juventude Viva. A oficina é voltada para o público de 15 a 21 anos e acontece gratuitamente nos dias 20, 21 e 22.

Ainda em Alagados, nos dias 13 e 14, às 9h, a Oficina de Adereços chega com muito humor para promover a integração dos moradores dos bairros do Uruguai e de Massaranduba. Isso porque a produção de vestimentas da Jega de Calçola será produzida no espaço sob o comando da professora Maria Célia. A atividade faz parte da troça carnavalesca “Encontro do Jegue de Cueca com a Jega de Calçola”, manifestação da cultura popular da Península de Itapagipe, onde os desfiles acontecem nas ruas.

Para quem se interessa pelas artes cênicas, o Espaço Xisto Bahia oferece o Curso de Iniciação à Interpretação Teatral nos dias 11, 18 e 25 de fevereiro. A atividade busca impulsionar a formação cultural, pessoal e social, estimulando a perda de timidez, medo e confiança na oralidade. A classificação é de 18 anos e a inscrição custa R$ 150. O Xisto também oferece aulas em diversas modalidades de Dança em Diálogos do Corpo, todos os sábados de fevereiro, com valor único de R$ 110 e classificação de 12 anos.

No Centro de Cultura de Alagoinhas, é a vez das Oficinas Formativas, que trazem a cada mês uma nova oficina com temas diferentes, sempre de cunho artístico e cultural para os artistas de Alagoinhas e demais cidades do Litoral Norte Agreste Baiano. Em sua primeira edição, haverá aulas de Luz Cênica e Teatro, tendo como facilitador o ator e iluminador Nando Zâmbio, de 9 a 11 e 13 a 15 de fevereiro, às 14h. A entrada é gratuita e a classificação livre.

Já em Valença, estão abertas as inscrições para a Oficina de Capoeira de Angola, que acontece no Centro de Cultura Olívia Barradas. Ministrada por Gêge, única mestra feminina da região, são oferecidas aulas práticas de movimento e ritmos relacionados à capoeira de Angola. As aulas estão previstas para acontecer entre 1º e 28 de abril, às 19h, com inscrição de R$ 70 e classificação de 14 anos.

Espaços Culturais da SecultBA – A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia mantém 17 espaços culturais em diversos territórios de identidade baianos, geridos pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC), setor vinculado à Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult). Destes, cinco encontram-se em Salvador – Cine Teatro Solar Boa Vista, Espaço Xisto Bahia, Casa da Música de Itapuã, Centro Cultural de Plataforma e Espaço Cultural Alagados – e 12 nos municípios de Alagoinhas, Feira de Santana, Guanambi, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Mutuípe, Porto Seguro, Santo Amaro, Valença e Vitória da Conquista.

Anúncios