Espaço Xisto Bahia recebe lançamento do projeto “Áfricas na Gente – Festival de Música nas Escolas”


18486141_1504869092918580_5581555604745712101_n

O Espaço Xisto Bahia – espaço cultural administrado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) – recebe o “Áfricas na Gente – Festival de Música nas Escolas”. O projeto é divido em 3 ocasiões, sendo o lançamento no dia 22 de maio, às 15h, onde acontece uma Roda de Conversa sobre o tema com a VoVó Cici, que trabalha com crianças em situação de alto risco e com pesquisadores da cultura afro-brasileira e o cantor e compositor Mateus Aleluia. O evento tem classificação livre e entrada simbólica: o público pode pagar o quanto quiser. O projeto tem apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Fundação Cultural e Secretaria de Cultura da Bahia e será realizado durante o segundo semestre de 2017.

Apesar de o lançamento acontecer no Espaço Xisto, o projeto é voltado para a comunidade de Cajazeiras e entorno. O show de abertura “Áfricas na Gente” é no dia 08 de julho, na Praça Regina Guimarães – Fazenda Grande III. Os festivais nas escolas, com oficinas artísticas, roda de conversa e shows, são realizados entre os meses de agosto e novembro. Já o encerramento do projeto culminará em um grande show no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras com o lançamento da coletânea musical de artistas de Rede Somus, no dia 25 de novembro.

O local foi escolhido devido ao fato de ser um dos maiores bairros da América Latina, com certa de 600 mil habitantes, e o segundo em população de etnia negra. Os bairros ao entorno, Fazenda Grande, Águas Claras e Boca da Mata, também serão contemplados pelo protejo, que destina as ações para as escolas municipais da região de Cajazeiras e assim dar acesso a esta comunidade aos bens culturais, “pois o acesso desta população a espetáculos, shows, lançamentos de livros, oficinas de artes, entre outros ainda é escasso”, segundo destaca a organização do evento.

O projeto visa valorizar a cultura afro-brasileira e trazer reflexão sobre a importância do povo negro para a cultura, através de um mergulho no cotidiano para descobrir a sua influência na cultura, além de fortalecer a relação entre jovens e crianças e seus ascendentes. O projeto apresenta aos jovens parte de seus artistas que passeiam por diversos estilos musicais para despertar conhecimento e novas possibilidades de enxergar o mundo. Antes também acontecem oficinas artísticas e rodas de conversa.

Rede Somus- A Rede Somus é um grupo colaborativo com cerca de mil profissionais criado em 2014 que busca a criação de novas oportunidades de atuação no setor cultural, e aspira formar plateia para os diversos estilos musicais realizados e movimentar o cenário musical da Bahia.

Espaços Culturais da SecultBA – A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia mantém 17 espaços culturais em diversos territórios de identidade baianos, geridos pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC), setor vinculado à Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult). Destes, cinco encontram-se em Salvador – Cine Teatro Solar Boa Vista, Espaço Xisto Bahia, Casa da Música de Itapuã, Centro Cultural de Plataforma e Espaço Cultural Alagados – e 12 nos municípios de Alagoinhas, Feira de Santana, Guanambi, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Mutuípe, Porto Seguro, Santo Amaro, Valença e Vitória da Conquista. Para mais informações, acesse: www.espacosculturais.wordpress.com.

 

Anúncios