Espaço cheio de vida


Plat Post2.1

O superintendente de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult), Sandro Magalhães, relembrou que depois de 17 anos fechado, foi no governo Wagner, em articulação com a sociedade civil, que o espaço reabriu suas portas.  “É gratificante ver esse espaço ocupado, dinamizado e cheio de vida, pois o que estamos presenciando hoje é a concretização de um trabalho que foi iniciado lá atrás”, comenta.

O superintendente ainda afirma que garantir o pleno funcionamento dos espaços culturais é abrir caminhos para o exercício da cidadania, do direito à cultura. “Espero que esses dez anos de pleno funcionamento sejam os primeiros de muitos, pois o Centro Cultural Plataforma deve continuar aberto para receber as expressões culturais tanto do Subúrbio, quanto de qualquer lugar do mundo”, completa.

Anúncios